Atitudes Mindful - Deixe Ir


Umas das atitudes de Mindfulness,lindamente ilustrada por esse poema!

Parabéns e gratidão pessoal e alunxs da @cnvkonekti,por compartilharem essa maravilha,que me trouxe muita reflexão!


#Repost@cnvkonekti (@get_repost)

・・・


...

“Deixar ir" não é me isolar, é compreender de que não posso controlar o outro.


“Deixar ir” não é desistir, mas aprender com as consequências.


“Deixar ir” é admitir impotência que significa que o resultado não está em minhas mãos.


“Deixar ir” não é tentar mudar ou culpar o outro, e sim fazer o meu melhor.


“Deixar ir” não é salvar o outro, mas se importar.


“Deixar ir” não é consertar o outro, mas sim apoiá-lo.


“Deixar ir” não é julgar, é permitir que outro seja um ser humano.


"Deixar ir" não é resolver pelo outro, mas permitir que ele construa seu próprio destino.


“Deixar ir” não é ser protetor, é permitir que outro enfrente sua própria realidade.


“Deixar ir” não é negar, mas aceitar o que é.


"Deixar ir" não é reclamar, repreender ou discutir, mas sim aprender com minhas próprias limitações e me transformar.


"Deixar ir" não é controlar, mas aceitar cada dia como ele é, e aceitar a mim mesma.


“Deixar ir” não é criticar ou regular, mas tentar me tornar quem eu sonho ser.


“Deixar ir” não é lamentar o passado, mas crescer e viver para o futuro.


“Deixar ir” é sentir menos medo e amar muito mais.


Autor desconhecido (adaptado por Thayna Meirelles e Juliana Maroto)


#cnv#comunicaçãonãoviolenta#comunicacaonaoviolenta#empatia#sentimentosenecessidades#autocuidado#cuidado#autoempatia#cnvkonekti#marshallrosenberg#escuta

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo